Home / Destaque / São Vicente registra o menor índice de internações desde o início da pandemia

São Vicente registra o menor índice de internações desde o início da pandemia

Desde março de 2020 o Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) é referenciado para a assistência SUS a pacientes covid-19 para Jundiaí e região. Na última semana, 81ª da pandemia, o hospital chegou ao menor índice de internações de pacientes acometidos pela doença. Foram três internações, redução de 73% em relação à semana anterior, que registrou 11 internações.

“Alcançar o menor índice de internações é motivo de muita alegria para Jundiaí. Resultado do trabalho realizado incansavelmente por todos os técnicos envolvidos neste combate ao inimigo invisível, da colaboração da população nas práticas de prevenção e à vacinação, que nesta semana, supera a marca de 80% dos adultos já vacinados com as duas doses de vacinas”, comemora o prefeito Luiz Fernando Machado.

E a boa notícia não para por aí. A média móvel de novas internações teve redução de 84%, o que demonstrando uma forte tendência de queda. Em 26 de setembro a média móvel era de 2,71 internações e no último dia 10 registrou 0,43.

Outro dado relevante é a média móvel de saídas, que inclui altas médicas e óbitos, cuja redução foi de 35%. Quatorze dias atrás, estava em 2,85 e atualmente está em 1,85. A média móvel de óbitos é de 0,14.

Hospital São Vicente de Paulo é a referência em atendimento de alta complexidade e COVID-19 para a Região de Jundiaí
Desde a última adequação de leitos, realizada em setembro, o São Vicente segue com 20 leitos de UTI e 7 leitos de Enfermaria destinados a assistência covid-19. Atualmente, 15 leitos estão ocupados.

“Chegamos ao menor número de novas internações entre os dias 04 e 10 de outubro. É o resultado de todo esforço conjunto das equipes do São Vicente, da gestão eficiente e da eficiência da vacinação”, atribui o superintendente do HSV, Matheus Gomes. O hospital chegou a ter 258 leitos destinados ao atendimento covid-19 em abril deste ano.

Segundo o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, o enfrentamento à pandemia resulta nos dados positivos apresentados pela cidade. “Com a estrutura e as ações planejadas com base em dados, conseguimos superar os piores momentos, mantendo o atendimento, tanto para COVID-19 quanto para as demais doenças”, lembra.

Assessora de Impresso
Fotos: Fotógrafos da PMJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com