Home / Destaque / Science Days 2019 chega ao fim com capacidade máxima de participantes

Science Days 2019 chega ao fim com capacidade máxima de participantes

Após dois dias de Parque da Uva tomado por uma multidão de estudantes, a segunda edição do Science Days 2019 encerrou-se nesta quinta-feira (04), contabilizando a presença de 20 mil participantes, entre alunos dos 4ºs e 5ºs anos da rede municipal de ensino, da rede estadual, de escolas particulares e pesquisadores, sem contar os mais de 700 expositores dos quase 30 estandes espalhados pelo parque.

O evento no Município é considerado o maior da América Latina e a maior feira científica de todo o País. Integrado à proposta do programa Escola Inovadora, a feira é uma realização da Prefeitura em parceria com a National Aeronautics and Space Administration (NASA), da Kennedy Space Center International Academy e da Câmara de Comércio Brasil-Florida (CCBF), com os apoios da DAE, da Rede TVTEC e da Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun), que, além do estande com experimentos de realidade virtual, foi responsável pela instalação e gerenciamento de 16 câmeras de monitoramento de segurança em tempo real e a instalação de 15 pontos de wifi gratuito.

Em nova visita ao Parque nesta quinta-feira (04), o prefeito Luiz Fernando Machado voltou a conversar com expositores e alunos participantes. “Encerramos mais uma edição de sucesso do Science Days em Jundiaí com a certeza de que despertamos ainda mais em nossos jovens o interesse pelo conhecimento e aprendizado. E esta inspiração não termina hoje, mas chega todos os dias às salas de aula por meio das propostas de aprendizado do programa Escola Inovadora”.

Henrique Figueiredo e Raphaela Paschoalin, de 9 anos, são alunos do quarto ano da professora Luciana Azevedo da Emeb Glória Rocha Genovese, da Vila Cristo, e se encantaram com o estande do FAB LAB. “Demos atenção especial a este estande, pois ainda neste semestre vamos levá-los ao laboratório e já estamos pensando em como produzir algo ligado aos estudos de decomposição na terra que eles aprenderam em Ciências. Certamente o contato que tiveram com a impressora 3D e com o microscópio irá inspirá-los”, declara a professora.

Já o pequeno Miguel Freire, também de 9 anos, e aluno da Emeb Antonino Messina, do Jardim Bonfiglioli, ficou encantado com a maquete do Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão. Da visita ele tirou a inspiração para o que deseja ser no futuro. “Quero ser astronauta. Sei que vou precisar estudar muito e aprender bastante sobre foguete, mas agora já sei o que quero ser quando crescer”.

A diretora de Educação Espacial da Fundação Ramon, a israelense Maya Golan, avaliou como positiva a participação na feira ao compartilhar com os alunos a experiência com a Agência Espacial Israelense e fomentar a inspiração entre os expectadores. “O Science Days é uma celebração divertida do que são as Ciências e de como elas vêm sendo produzidas localmente. Que a minha presença, enquanto jovem mulher e entusiasta numa indústria espacial tomada de homens, sirva de inspiração para que esta seja uma realidade alcançável e sonhada também por estes jovens que participaram destes dois dias”.

Leia também

Festival CulturaMais: novidade vai movimentar Complexo Fepasa com apresentações gratuitas nesta sexta-feira (27) e sábado (28)

Esta semana, a Unidade de Gestão de Cultura (UGC) traz uma novidade para o Complexo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com