Home / Destaque / Simulado de desastre mobiliza setores da Prefeitura de Campo Limpo Paulista

Simulado de desastre mobiliza setores da Prefeitura de Campo Limpo Paulista

Ao som de sirenes alarmantes, a Defesa Civil e o Grupamento de Bombeiros Civis Voluntários (GBCV) se dirigiram a um chamado de emergência no Jardim Santa Lúcia, e Campo Limpo Paulista, na tarde desta quinta-feira (29). Com tudo arquitetado para simular um desastre de deslizamento, após ligação de socorro na central de atendimento (199), os envolvidos se desdobraram para atender às supostas vítimas em estado grave.

A ação teve como objetivo o treinamento das equipes e cumpre com o 8º art da Lei Federal nº 12.608, que prevê a elaboração de dois simulados ao ano para a Defesa Civil dos municípios e demais órgãos envolvidos no resgate de vítimas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Thiago Schiavinato, a ação teve um bom desempenho e movimentou diversos setores da municipalidade. “Foi muito produtivo. A Defesa Civil chegou em 8 minutos no local. Além disso, tivemos o rápido e essencial apoio do GBCV, da Guarda Municipal, ambulâncias e Diretoria de Trânsito.”

O treinamento contou com duas vítimas sob escombros do deslizamento ocasionado por instabilidade no clima. “Nos dedicamos a retirar o homem e a mulher o mais rápido possível. A moça estava com uma fratura exposta no antebraço e o rapaz tinha escoriações no tórax”, contou Schiavinato.

Para o comandante do GBCV, Thiago Jean Cozzolino, a tarefa incentiva os órgãos a se prepararem cada dia mais. “Nossa equipe de Bombeiros está pronta para atuar junto à Defesa Civil. Agora vamos fazer os relatórios e analisar os pontos positivos e negativos da ação”, disse.

O secretário de Segurança Integrada, Paulo de Tarso Novak, ressaltou que o simulado é uma iniciativa inédita na cidade. “Nunca houve um simulado desta magnitude, que reunisse os diversos setores da Prefeitura. Tudo foi feito o mais próximo da realidade para nos preparar às adversidades que podem surgir”, salientou Novak.

MAIS

Toda ação envolveu 11 bombeiros civis voluntários, cinco representantes da Defesa Civil, nove guardas municipais e quatro paramédicos, além do coordenador das ambulâncias e membros da Diretoria de Trânsito.

A maquiadora artística profissional, Mislaine Merilyn, foi destaque na operação ao ajudar na realização dos ferimentos expostos. “Já fiz uma ação assim há três anos em Várzea Paulista. Não faço maquiagem realística todo dia, então cada oportunidade de praticar agrega mais às minhas habilidades enquanto profissional do ramo”, contou feliz ao final da operação.

Leia também

Campo Limpo investe em 4 novos ônibus para transporte escolar

A Secretaria de Educação prevê que esses novos carros atenderão linha no lugar de empresa, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com