Home / Destaque / Síndrome de Burnout: como ela afeta nossa vida no ambiente de trabalho

Síndrome de Burnout: como ela afeta nossa vida no ambiente de trabalho

Distúrbios do sono, fadiga, dor de cabeça e problemas cardiovasculares. Estes são alguns dos sintomas da Síndrome de Burnout, uma exaustão física e emocional que acomete profissionais ao redor do mundo. De acordo com pesquisa da Associação Internacional de Manejo do Estresse (ISMA), 72% dos brasileiros sofrem com estresse no trabalho, dentre os quais 32% têm Burnout.

A psicóloga Jennifer de França Oliveira Nogueira da Sociedade de Cardiologia de São Paulo explica que Apesar de ser uma síndrome grave é possível combatê-la com ações preventivas e de promoção à saúde em duas frentes: uma individual e outra organizacional. No âmbito particular, como programas que auxiliam na diminuição do estresse e desenvolvam qualidades positivas (senso de significado, pertencimento, satisfação no trabalho). Além de diagnóstico e tratamento médico e psicoterápico. No organizacional, melhorar o ambiente e condições de trabalho, com programas de valorização do funcionário, autonomia de participação e decisão, resolução de problemas de forma justa, alocação em cargos e funções adequadas, equilíbrio nas demandas, dentre outros”.

Leia também

Movimentação de veículos e pessoas na Marginal do Rio Pinheiros durante feriado prolongado determinado pelo governo de São Paulo Foto: ANDERSON LIRA/FRAMEPHOTO / Estadão Conteúdo

Decisão sobre lockdown em São Paulo deve acontecer na quarta

O governador João Doria e o prefeito Bruno Covas terão de tomar difícil decisão; na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com