Home / Destaque / STF manda soltar Bruno, ex-goleiro do Flamengo condenado por homicídio

STF manda soltar Bruno, ex-goleiro do Flamengo condenado por homicídio

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma decisão liminar (provisória) para que o goleiro Bruno Fernandes, preso quando jogava pelo Flamengo, seja libertado. Na decisão, divulgada nesta sexta (24), Marco Aurélio destacou que Bruno encontra-se preso há 6 anos e 7 meses sem que tenha sido condenado em segunda instância, motivo pelo qual deve ser solto para que recorra em liberdade.

Bruno foi preso preventivamente em agosto de 2010, após um inquérito policial apontá-lo como principal suspeito de ter matado a ex-namorada Eliza Samudio, com quem teve um filho. Ela desapareceu em 2010, aos 25 anos, e foi considerada morta pela Justiça. Seu corpo nunca foi encontrado.

Leia também

Jundiaí registra dois óbitos nesta sexta-feira (14), e cidade chega a 1113 vítimas causadas pela Covid-19

A Prefeitura de Jundiaí informa que, nesta sexta-feira (14), dois óbitos foram contabilizados de residentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com