Home / Destaque / Suspeito de matar garçom por borda de pizza queimada vai a júri em Jundiaí

Suspeito de matar garçom por borda de pizza queimada vai a júri em Jundiaí

O pedreiro Salatiel Cordeiro, preso suspeito de matar o garçom Marcos Paulo da Cunha Fonseca por uma pizza servida com a borda queimada, em Jundiaí (SP), vai a júri na manhã desta quinta-feira (18). O crime foi registrado no dia 3 de junho de 2016.

Um segundo suspeito de participar da morte da vítima se entregou à polícia em 2017. Em depoimento, ele confirmou que estava na garupa da moto, que era pilotada pelo pedreiro.

Segundo a polícia, na época do crime, Salatiel disparou várias vezes contra a pizzaria e uma das balas atingiu o garçom.

Em um vídeo divulgado pela Polícia Civil mostra o momento em que o garçom, que tinha 29 anos, foi alvejado após discussão na pizzaria, que fica no bairro Agapeama, em Jundiaí. Uma hora após uma discussão em frente ao estabelecimento. um homem na garupa de uma moto atira várias vezes.

Os disparos estilhaçam o vidro da fachada da pizzaria. Dentro do local, clientes tentam se proteger. Mas o garçom Marcos Paulo Cunha da Fonseca é atingido e cai no chão junto a uma garrafa de vinho.

(Fonte: G1)

Leia também

Canil GMJ apreende drogas perto de escola no Cidade Nova I

O Canil da GMJ apreendeu na manhã desta sexta-feira (12), quase meio quilo de drogas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com