Home / Destaque / Tabu quebrado: Brasil elimina Paraguai nos pênaltis e espera Venezuela ou Argentina na semifinal

Tabu quebrado: Brasil elimina Paraguai nos pênaltis e espera Venezuela ou Argentina na semifinal

Brazil's Gabriel Jesus (R) celebrates with goalkeeper Alisson after scoring his penalty to defeat Paraguay in the penalty shoot-out after tying 0-0 during their Copa America football tournament quarter-final match at the Gremio Arena in Porto Alegre, Brazil, on June 27, 2019. (Photo by Juan MABROMATA / AFP)

Abrindo os trabalhos pelas quartas de final da Copa América, Brasil e Paraguai se enfrentaram nesta quinta-feira (27) na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O jogo se desenvolveu da maneira como todos esperavam: O Brasil teve mais posse de bola, e buscou rodar a bola pelos lados para chegar ao ataque, enquanto o Paraguai, com sua solidez defensiva, tinha na velocidade de Derlis Gonzalez e a técnica de Almirón as armas para vencer os brasileiros.

Depois de um primeiro tempo sem euforia, a segunda etapa veio com fortes emoções. Logo aos 2 minutos, Firmino foi derrubado na entrada da área pelo ex-corintiano Balbuena. O lance foi revisto pelo VAR, e o zagueiro foi expulso. A partir desse lance, o jogo mudou completamente. Com mais volume de jogo, o Brasil criou inúmeras chances de gol. Tite colocou Paquetá e Willian para ganhar mais ofensividade e tirar proveito da vantagem numérica. Mas, quando não parou na trave, a seleção parou em um velho conhecido da torcida brasileira, principalmente os cariocas: Gatito Fernandez. O goleiro do Botafogo foi impecável, e fez três defesas importantíssimas. A igualdade em 0x0 no placar levou a partida para os pênaltis.

Nesse momento, entram dois personagens. O primeiro é o goleiro Alisson. Revelado pelo Inter e campeão da Champions League deste ano pelo Liverpool, o arqueiro poderia se tornar herói na casa do maior rival de seu ex-clube. O Paraguai abriu a série de cobranças com o zagueiro do Palmeiras Gustavo Goméz. Alissou pegou a cobrança.

Depois, todos os outros atletas converteram suas penalidades, até chegar a vez de Roberto Firmino. Ele tirou muito de Gatito e a bola foi pra fora. Derlis Gonzalez, carrasco do Brasil na Copa América de 2011 e 2015 tinha a chance de empatar as cobranças. Mas, assim como Firmino, ele também perdeu.

Agora, entra o segundo personagem: Gabriel Jesus. O jovem atacante do City sofreu com críticas pela fraca atuação na Copa do Mundo, e perdeu um pênalti contra o Peru. Isso não abalou o atacante, que converteu seu pênalti com muita categoria e classificou o Brasil para a semifinal. Hoje, às 16h, Venezuela e Argentina jogam. Quem passar, encara a seleção terça-feira, no Mineirão.

Leia também

Sincomerciários divulga ações em prol da acessibilidade na FENS

Entidade distribuiu cartilhas voltadas à inclusão no mercado de trabalho A presença do Sindicato dos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com