Home / Destaque / Tecnologia e operacionalidade: Central de Monitoramento “Olho Vivo” combate a criminalidade em Jundiaí

Tecnologia e operacionalidade: Central de Monitoramento “Olho Vivo” combate a criminalidade em Jundiaí

A Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras, o “Olho Vivo”, da Guarda Municipal de Jundiaí, foi ponto de visita de empresário de Jundiaí, na manhã de quarta-feira (28). No que se refere ao combate da violência e criminalidade, as câmeras são utilizadas no acompanhamento da movimentação em locais mais preocupantes, considerados estratégicos na cidade. Atualmente, a possibilidade de compartilhamento de imagens desses sistemas possibilita parcerias entre organizações, com o intuito de ampliar a segurança.

O titular da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM), Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó), recebeu a visita do diretor do Departamento de Fomento à Indústria da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (UGDECT), Gilson Pichioli, acompanhado do diretor da empresa Pilot Pen – instalada no Vetor Oeste – , Osvaldo Akira Satake; e o gerente Francisco A.C. de Lima, para apresentar o funcionamento do sistema.

“O prefeito Luiz Fernando Machado acompanha permanentemente o trabalho de aproximação e integração com os mais variados segmentos da comunidade em suas áreas de atuação, inclusive na utilização crescente das avançadas ferramentas de tecnologia e o aperfeiçoamento constante dos profissionais que fazem parte da Guarda Municipal. É muito importante e necessário que a operacionalidade da Central seja conhecida para que novas parcerias possam acontecer, a segurança como um todo chegando a diferentes esferas”, destacou o gestor.

As câmeras de monitoramento estão instaladas em 187 pontos da cidade (102 fazem parte do Sistema OCR, que realiza a leitura, o reconhecimento ótico dos caracteres das placas dos veículos que adentram e circulam pelo município, registrando irregularidades, principalmente os envolvidos em atividades ilegais, como roubo e furto, ou mesmo os adulterados – dublês). São controladas por profissionais especializados para monitorar um giro de 360 graus e zoom de até três quilômetros, com toda movimentação fiscalizada em tempo real. O “Olho Vivo” funciona 24 horas, de segunda a segunda, inclusive nos finais de semana e feriados, com profissionais especializados se revezando ininterruptamente, trabalhando de maneira integrada com o Centro de Operações Táticas (COT).

Leia também

Campo Limpo mantém vacinação e idosos começam a receber terceira dose

O último sábado foi marcado pelo início da terceira dose do imunizante contra a Covid-19. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com