Home / Sem categoria / UFC: Anderson Silva cogita aposentadoria após nova derrota e lesão

UFC: Anderson Silva cogita aposentadoria após nova derrota e lesão

Anderson Silva desabafou quatro dias depois de ser derrotado pelo americano Jared Cannonier no UFC 237, no Rio de Janeiro, no último sábado 11. Aos 44 anos, o ex-campeão e maior referência do MMA brasileiro reclamou das dores – se lesionou novamente, agora no joelho – e refletiu sobre a possibilidade de se aposentar.

“Será que o amor que sinto pelo meu esporte não está consumindo minha mente e meu corpo ao ponto de não poder mais continuar?”, escreveu, em um longo post em seu Instagram. Desde que perdeu o cinturão peso-médio para o americano Chris Weidman, em 2013, Anderson conseguiu apenas uma vitória em seis lutas no UFC.

“Tenho a plena certeza de que posso fazer tudo isto mais 1000 vezes, mas nos últimos quatro dias com dor, com a incerteza que não são novidades na minha rotina estão me consumindo mais do que antes, na verdade meu coração e minha mente de guerreiro me confundem ao ponto de criar dúvidas”, afirmou Anderson, sem apresentar uma decisão final sobre o que pretende fazer de sua carreira. A lesão no joelho não é grave e a possibilidade de cirurgia já foi descartada.


Visualizar esta foto no Instagram.

PARAR OU CONTINUAR?!?!? Fala meu povo… Fico freqüentemente me perguntando, o que cada um de nós está fazendo neste planeta? Se a vida for somente viver por viver o máximo possível as horas e minutos esse definitivamente não é meu lema. Tenho a plena convicção de que existe um sentido maior em tudo o que vivemos e fazemos aqui, a vinda neste plano terrestre tem um sentido maior do que simplesmente viver por viver, acredito que é uma busca constante de evolução. Nesses 4 dias após mais uma missão que não foi bem sucedida estou me questionando se ainda devo ou não continuar treinando, me dedicando, superando lesões dores e etc… Me pergunto sempre, “será que o amor que sinto pelo meu esporte não está consumindo minha mente e meu corpo ao ponto de não poder mais continuar ???” Enfim… tudo que sempre fiz foi ser um bom soldado no meu campo de batalha, o mais bem treinado, o mais disciplinado e pronto pra morrer por minha missão, pois meu amor ao meu trabalho sempre falou e fala mais alto. Eu tenho a plena certeza que posso fazer tudo isto mais 1000 mil vezes, mas nos últimos 4 dias com dor, com a incerteza que não são novidades na minha rotina estão me consumindo mais do que antes, na verdade meu coração e minha mente de Guerreiro me confundem ao ponto de criar duvidas. Por um outro lado percebo que não sou e nem tenho que ser perfeito, o quanto está busca durante anos me trouxe coisas boas e ruins também. Porque resolvi falar sobre o que estou sentindo aqui pra vocês meu povo, porque acredito que muitos de vocês que me seguem tem um carinho e uma admiração pelo meu trabalho e por outro lado estou sempre tentando colocar mensagens positivas de motivação para todos vocês… Galera o que devemos realmente fazer é aproveitar todas as oportunidades que a vida nos dá para nos aprimorarmos como pessoas. Por tanto lembre-se sempre que os seus fracassos são sempre os melhores professores e é nos momentos difíceis que as pessoas precisam encontrar uma razão para continuar em frente. As nossas ações, especialmente quando temos de nos superar, fazem de nós pessoas melhores. A nossa capacidade de resistir e de continuar o caminho é que nos torna pessoas especiais.

Uma publicação compartilhada por Anderson “The Spider” Silva (@spiderandersonsilva) em

(Fonte: Veja)

Leia também

15 de outubro – Dia do Professor:  Papel do professor em todas essas etapas da vida é crucial

O Dia do Professor é comemorado aqui em 15 de outubro, e foi estabelecido em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com