Home / Brasil / Vale afirma que chance de barragem romper em Barão de Cocais (MG) diminuiu

Vale afirma que chance de barragem romper em Barão de Cocais (MG) diminuiu

A mineradora Vale divulgou uma nota, nesta terça-feira (28), indicando uma redução na possibilidade de rompimento da barragem Sul Superior, na mina Gongo Soco, em Barão de Cocais, a 93 km de Belo Horizonte. A estrutura está em estado de alerta devido ao desmoronamento do talude da mina, que pode acontecer a qualquer momento.

O talude, que é uma espécie de paredão usado para conter um terreno, fica a 1,5 km da barragem. A movimentação registrada no local continua aumentando. Nesta terça-feira, o descolamento chegava a 23,9 centímetros por dia, nas áreas mais críticas.

A Vale previu três hipóteses do que pode acontecer após o desmoronamento. Na mais crítica, o material atingiria a barragem Sul Superior, provocando uma nova tragédia como a de Brumadinho e de Mariana.

Contudo, segundo a empresa, dados coletados no local mostram que a tendência é de que o cenário menos pessimista se cumpra. Nele, o talude cai dentro da própria cava, que é uma cratera que represa água.

Por decisão judicial, a mineradora não pode colocar funcionários na área da barragem para realizar obras de reparo na cava. Assim, segundo a empresa, todo local é monitorado remotamente, 24 horas por dia. Além disso, a empresa realiza ações no entorno do complexo para tentar reduzir os impactos de um possível rompimento. São elas:

• Retirar os moradores das casas que seriam atingidas pelos rejeitos em até uma hora;
• Remover animais das áreas de risco;
• Levar obras de arte para áreas mais seguras;
• Sinalizar a cidade com faixas laranjadas, que indicam áreas que seriam inundadas;
• Construir uma bacia para reter parte dos rejeitos em caso de estouro da barragem;
• Colocação de telas e blocos de gratino na rota da lama para reduzir a velocidade do rejeito.

Fonte/ Imagem:R7

Leia também

vereador morto

Vereador de Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, e seu filho são mortos a tiros dentro de casa

O vereador de Maricá, Ismael Breve (DEM-RJ), de 59 anos, e o filho dele, Thiago …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com