Home / Destaque / Vigilância Sanitária de Jundiaí realiza capacitação de ambulantes para comércio de alimentos

Vigilância Sanitária de Jundiaí realiza capacitação de ambulantes para comércio de alimentos

Orientar sobre as boas práticas para quem vai começar a trabalhar no ramo ambulante de comércio de alimentos é uma das atividades desempenhadas pela equipe da Vigilância Sanitária, órgão ligado à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS). Semanalmente, às segundas-feiras, interessados em abrir um negócio próprio buscam capacitação para se habilitar ao trabalho e garantir bons frutos como resultados do empreendimento.

De acordo com a gerente Adriana Swain Muller, por mês, são cerca de 20 pessoas que passam pela capacitação. “O processo faz parte das ações necessárias para se regularizar como ambulante no segmento alimentício. A Vigilância Sanitária conta com cerca de 500 ambulantes cadastrados. Esse cadastro deve ser renovado anualmente, para que o comerciante esteja legalizado”, explica.

Sandra Chrispim está em processo para abertura de um trailler para preparo de açaí e milk shake. Antes mesmo de adquirir o automóvel, passa pelo curso para garantir o melhor resultado na empreitada. “É muito importante saber todos os detalhes do negócio, inclusive no processo de preparo. O investimento precisa ser seguro e começar, sempre, de maneira correta”, comenta.

Informações

De acordo com a nutricionista responsável pela capacitação, Jeanine Salve, o encontro de capacitação apresenta boas práticas específicas para o mercado ambulante de gêneros alimentícios. “Explicamos os motivos para a exigência de um espaço exclusivo para a higiene das mãos, os cuidados para evitar a contaminação entre os alimentos, como deve ser feito o transporte dos produtos de forma correta desde a aquisição no fornecedor até a disposição para a venda e outros aspectos”, explica.

O processo de capacitação faz parte das exigências para a autorização do funcionamento desses estabelecimentos itinerantes. Para que a população confira se o vendedor está ou não cumprindo as exigências legais, basta buscar a Licença de Funcionamento, emitida pela Vigilância Sanitária, que deve estar disposta em local visível.

Leia também

Com 116 mil doses aplicadas, vacinação em Jundiaí segue sem interrupção, com organização e planejamento

A vacinação contra a COVID-19 em Jundiaí teve início em 21 de janeiro. Desde então, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com